Publicado em 24/11/2009 17:34

Anápolis

Facebook Promova este artigo no Orkut!Orkut

Anápolis é o terceiro maior município em população do Estado de Goiás, a estimativa média do IBGE em 2009 superou os 335.000 habitantes. Anápolis é considerado o município mais rico, desenvolvido e competitivo do interior do Centro-Oeste Brasileiro. Localiza-se a 48km de distância da capital Goiânia e a somente 150 km da capital do Brasil. Além do DAIA (Distrito Agro-Industrial de Anápolis), é uma cidade jovem, universitária e altamente religiosa.

Categorias

O clima de Anápolis reflete bem a sua condição de município situado nos primeiros contrafortes do Planalto Central Goiano, daí podendo ser classificado como provável clima tropical de altitude. A sua temperatura varia entre 13 a 26 graus centígrados, apresentando-se com uma média compensada de 19 graus.

O município de Anápolis situa-se nos primeiros contra fortes do Planalto Central Goiano, sendo cortado pela serra divisora das bacias do Tocantins e do Paraná, sobressaindo as serras da Taboca ou de Lagoinha e Serra Pelada, e ainda, os morros do Sapé e Caiapó. Dentre os vários ribeirões que possuem nascentes em território anapolino, merecem citados os Gonçalves, João Leite, Antas, Piancó e Padre Souza.

Segundo historiadores goianos, duas grandes correntes foram responsáveis pelo desbravamento das terras goianas: a mineração e a agricultura. Anápolis nasceu de uma combinação das duas.

A história de Anápolis/Goiás

No início do século XIX, viajantes percorriam o vale do Araguaia e o roteiro de Vianópolis/Corumbá de Goiás, entre eles, a cabeceira do Ribeirão das Antas, conhecido também por Campos Ricos, graças à excelência de seu solo e à abundância e variedade de caças existentes no local.

Praça James Fanstone - 1940

Praça James Fanstone - 1940

Enfatiza-se a contribuição do Sr. Manoel Rodrigues dos Santos, que fazia realizar em sua fazenda, novenas e orações, aglomerando, já em 1859, um total de 15 casas e uma escola.

Conta a tradição que, por esta época, d. Ana das Dores, quando trafegava pela região, perdeu um de seus animais, justo o que transportava uma imagem de Nossa Senhora de Santana. Quando encontrado, o animal estava deitado e os tropeiros não conseguiram levantar a caixa que continha a imagem, o que foi interpretado como sendo o desejo da Santa em permanecer no local. D. Ana prometeu doá-la à primeira capela que se erguesse ali, o que foi feito por seu filho Gomes de Souza Ramos, em 1870.

Gomes de Souza Ramos

Gomes de Souza Ramos - Fundador de Anápolis

Com a doação de grande quantidade de terras feita por Joaquim Rodrigues dos Santos ao patrimônio local, já em 1873, foi criada a freguesia de Santana das Antas, mudando, em 1884, para Santana dos Campos Ricos e retornando ao nome anterior em 1886.

Em 15 de dezembro de 1887, foi elevada à categoria de vila, mas só foi instalada em 10 de março de 1892 e, em 31 de julho de 1907, à categoria de cidade, com o nome de Anápolis.

O município está situado no Planalto Central, em uma posição estratégica para implantação de indústrias, visto a proximidade das capitais federal e goiana. Em função de sua localização privilegiada para o comércio do Centro-Oeste, ainda é o principal centro de comercialização de grãos do Estado, bem como o principal fornecedor de produtos hortifrutigranjeiros para a Central de Abastecimentos de Goiás-Ceasa.

Divisão Política Administrativa em Anápolis/Goiás

De acordo com as várias lei municipais/estaduais impactaram na divisão política da cidade de Goiás da seguinte forma:

  • Lei provincial nº 514 (06/06/1873) - distrito criado com a denominação de Santana de Campos Ricos;
  • Lei provincial nº 811 (15/09/1887) - Elevado à categoria de vila com a denominação de Santana das Antas, desmembrado do município de Meia Ponte (mais tarde Pirenópolis. Sede na antiga povoação de Santana de Campos Ricos. Instalado em 10-03-1892;
  • Lei estadual nº 320 (31/07/1907) - é elevado à condição de cidade com a denominação de Anápolis;
  • Lei municipal nº 35 (21/03/1903) - é criado o distrito de Santo Antônio do Capoeirão e anexado ao município de Anápolis.
  • Lei municipal nº 45 (03/08/1903) - é criado o distrito de Boa Vista de Traíras e anexado ao município de Anápolis.
  • Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 3 distritos: Anápolis, Boa Vista de Traíras e Santo Antônio do Capoeirão.
  • Lei municipal nº 140 (19/08/1921) - é extinto o distrito de Boa Vista de Traíras.
  • Lei municipal nº 144 (24/03/1922) - é criado o distrito de Aracati, com território do extinto distrito de Boa Vista de Traíras e anexado ao município de Anápolis.
  • Lei municipal nº 250 (12/05/1927) - é criado o distrito Nova Veneza ex-povoado de Santa Bárbara da Cachoeira e anexado ao município de Anápolis.
  • Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 5 distritos: Anápolis, Aracati, Cerrado, Nova Veneza e Santo Antônio do Capoeirão.
  • Em divisões territoriais datadas de 31-12-1936 e 31-12-1937, o município aparece constituído de 5 distritos: Anápolis, Aracati, Nerópolis, Nova Veneza e Santo Antônio do Capoeirão. Não figurando o distrito de Cerrado.
  • Pelo decreto-lei estadual nº 557, 30-03-1938, o distrito de Santo Antônio do Capoeirão passa a denominar-se simplesmente Capoeirão.
  • No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município aparece constituído de 5 distritos: Anápolis, Aracati, Capoeirão ex-São Sebastião do Capoeirão, Nerópolis e Nova Veneza
  • Pelo decreto-lei estadual nº 8.305, de 31-12-1943, é criado o distrito de Brazabrantes e anexado ao município de Anápolis, sob o mesmo decreto os distritos de Capoeirão passou a denominar-se Damolândia, Aracati a chamar-se Sousânia e o distrito de Nova Veneza tomou a denominação de Goianás.
  • No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município aparece constituído de 6 distritos: Anápolis, Brazabrantes, Damolândia ex-Capoeirão, Goianás ex-Nova Veneza, Nerópolis e Sousânia ex-Aracati.
  • Pela lei estadual nº 104, de 03-03-1948, desmembra do município de Anápolis o distrito de Nerópolis. Elevado à categoria de município.
  • Pela lei municipal nº 75, de 12-07-1948, é criado o distrito de Matão ex-povoado, criado com terras dos distritos de Anápolis, Goianás, Nerópolis e Damolândia e anexado ao município de Anápolis.
  • Pela lei municipal nº 76, de 13-07-1948, é criado o distrito de Goianápolis ex­povoado, e anexado ao município de Anápolis. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de sete distritos Anápolis, Brazabrantes, Damolândia, Goianápolis, Goianas, Matão e Sousânia.
  • Pela lei municipal nº 51, de 07-12-1953, é criado o distrito de Interlândia ex-povoado e aenxado ao município de Anápolis. Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 8 distritos: Anápolis, Brazabrantes, Damolândia, Goianás, Goianápolis, Interlândia, Matão e Sousânia.
  • Pela lei estadual nº 2.090, de 14-11-1958, desmembra do município de Anápolis o distrito de Barzabrantes. Elevado à categoria de município. Pela lei estadual nº 2095, de 14-11-1958, desmembra do município de Anápolis o distrito de Goianás. Elevado à categoria de município com a denominação de Nova Veneza. Pela lei estadual nº 2120, de 14-11-1958, desmembra do município de Anápolis o distrito de Damolândia.
  • Elevado à categoria de município. Pela lei estadual nº 2.142, de 14-11-1958, desmembra do município de Anápolis o distrito de Goianápolis. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 4 distritos Anápolis, Interlândia, Rodrigues Nascimento e Sousânia. Pela lei estadual nº 413, de 17-07-1963, é criado o distrito de Rodrigues Nascimento e anexado ao município de Anápolis.
  • Pela lei estadual nº4.592, de 01-10-1963, desmembra do município de Anápolis o distrito de Matão. Elevado à categoria de município com a denominação de Ouro Verde de Goiás.
  • Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 4 distritos Anápolis, Interlândia, Rodrigues Nascimento e Sousânia.
  • Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1968.
  • Pela lei estadual nº 8.018, de 27-11-1975, é criado o distrito de Joanápolis anexado ao município de Anápolis.
  • Pela lei estadual nº 8.029, de 01-12-1975, é criado o distrito de Goialândia e anexado ao município de Anápolis.
  • Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 6 distritos Anápolis, Goialândia, Interlândia, Joanápolis, Rodrigues Nascimento e Sousânia.
  • Pela lei estadual nº13.133, de 21-07-1997, desmembra do município de Anápolis o distrito de Rodrigues Nascimento. Elevado à categoria de município com a denominação de Campo Limpo de Goiás.
  • Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído de 5 distritos: Anápolis, Goialândia, Interlândia, Joanápolis e Sousânia.

Vista Aérea de Anápolis/Goiás

Vista Aérea de Anápolis/Goiás

Comentários









 


Atualizacoes no meu email

Responder ao comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

1
12/06/2011

orgulho de ser goias

orgulho!
orgulho de saber que faço parte e sou filho do estado mais importante do pais, e que habriga nosso Distrito Federal!
orgulho, de ver que o estado de goias nao so preocupa com sua capital, e sim da o exemplo de preocupaçao com seus interiores!
orgulho de ser filho da capital mais bela e mais segura da Republica Federativa do Brasil!
orgulho de ser filho do coracao do Brasil e ser filho do exemplo de desenvolvimento da Republica!
ORGULHO DE SER GOIAS!!! 

Responder este comentário
Rhay Melo Diniz

Busca

Notícias, imagens, informações e tudo mais...

Siga-nos!

Twitter, email diário, rss e facebook