Bancários aceitam acordo e greve termina

Após 23 dias de paralisação, os bancários de Goiás aceitaram proposta feita pela Federação Nacional dos Bancos e decidiram pelo fim da greve!

 A greve dos bancários foi iniciada em 19 de setembro e comprometeu o atendimento em 70% das agências em Goiânia, segundo levantamento da Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor de Goiás (Procon-GO). Em muitos casos, os clientes não tiveram acesso nem aos caixas eletrônicos.

O acordo estabeleceu reajuste salarial de 8% (1,82% de aumento real), 8,5% (2,29%) de reajuste para o piso da categoria, e compensação pelos dias parados pela greve de até uma hora por dia (entre segunda e sexta-feira) até o dia 15 de dezembro. No início das negociações, a categoria pedia reajuste salarial de 11,93%, além de benefícios como 13º salário refeição. No entanto, as empresas ofereciam aumento de 6,1%.

Outro ponto reivindicado pelos grevistas, o fim do assédio moral, também foi regulamentado pelo acordo. “Os bancos agora estão proibidos de cobrar metas abusivas por mensagens de celular, o que acontecia inclusive aos finais de semana”, afirma o presidente do Sindicato dos Bancários, Sergio Luiz da Costa.

 

fonte: G1/GO

Gostou!? Então curta o Estado de Goiás!!


Comentários









 


Atualizacoes no meu email

Responder ao comentário (Cancelar)

Busca

Notícias, imagens, informações e tudo mais...

Siga-nos!

Twitter, email diário, rss e facebook