Publicado em 07/03/2011 09:48

Helicóptero caiu no município de Corumbá de Goiás

Conforme o Corpo de Bombeiros a princípio a causa do acidente seria falha mecânica

 

Helicóptero caiu no município de Corumbá de Goiás
Conforme o Corpo de Bombeiros a princípio a causa do acidente seria falha mecânica
Um helicóptero pertencente ao senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) com três passageiros realizou um pouco forçado a 150 Km de Brasília, na fazenda Santa Mônica, próximo a GO-225, nos limites de Corumbá com Cocalzinho e Águas Lindas.
Entre as vítimas estavam a filha do político, Marcela Paz de Oliveira, 22 anos, o piloto e funcionário do Detran-DF, Sérgio Alexandre Martins e Ricardo Fernando Júnior, 24 anos. 
Dois helicópteros, um do Detran-DF e outro do Corpo de Bombeiros, trouxeram os passageiros para Brasília onde foram encaminhados para o hospital Santa Lúcia.
Conforme informações do Centro de Atendimento e Despacho (Ciade) do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, a princípio as causas do acidente seria uma falha mecânica. O piloto ao perder o controle tentou fazer um pouso forçado, mas mesmo assim o helicóptero chocou contra o solo.
O helicóptero de modelo Esquilo, Eurocopter AS 350 B2, monoturbina, de matrícula PR-ELO, com o prefixo PR-ELO, tem capacidade para quatro pessoas e seguia de Catalão com destino a Corumbá.
A aeronave está registrada em nome da Confere Comércio e Serviços de Alimentação e Produtos de Segurança Eletrônica Ltda, cujo acionista é o Senador Eunício Oliveira. 
O senador também proprietário da Confederal Vigilância e Segurança Ltda. Em Corumbá-GO, é proprietário de 54 imóveis rurais, segundo declaração de renda apresentada a Justiça Eleitoral.
Fonte: Jornal de Brasília e Diário da Manhã

Um helicóptero pertencente ao senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) com três passageiros realizou um pouco forçado a 150 Km de Brasília, na fazenda Santa Mônica, próximo a GO-225, nos limites de Corumbá com Cocalzinho e Águas Lindas.

Entre as vítimas estavam a filha do político, Marcela Paz de Oliveira, 22 anos, o piloto e funcionário do Detran-DF, Sérgio Alexandre Martins e Ricardo Fernando Júnior, 24 anos. O acidente aconteceu no estado de Goiás, mas as vítimas acionaram via rádio o corpo de bombeiros do Distrito Federal. Dois helicópteros, um do Detran-DF e outro do Corpo de Bombeiros, levaram os passageiros para Brasília onde foram encaminhados para o hospital Santa Lúcia.

Conforme informações do Centro de Atendimento e Despacho (Ciade) do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, a princípio as causas do acidente seria uma falha mecânica. O piloto ao perder o controle tentou fazer um pouso forçado, mas mesmo assim o helicóptero chocou contra o solo.

O helicóptero de modelo Esquilo, Eurocopter AS 350 B2, monoturbina, de matrícula PR-ELO, com o prefixo PR-ELO, tem capacidade para quatro pessoas e seguia de Catalão com destino a Corumbá.

A aeronave está registrada em nome da Confere Comércio e Serviços de Alimentação e Produtos de Segurança Eletrônica Ltda, cujo acionista é o Senador Eunício Oliveira. O senador também proprietário da Confederal Vigilância e Segurança Ltda. Em Corumbá-GO, é proprietário de 54 imóveis rurais, segundo declaração de renda apresentada a Justiça Eleitoral.

Fonte: Jornal de Brasília e Diário da Manhã

 

Gostou!? Então curta o Estado de Goiás!!


Comentários









 


Atualizacoes no meu email

Responder ao comentário (Cancelar)

Busca

Notícias, imagens, informações e tudo mais...

Siga-nos!

Twitter, email diário, rss e facebook