Publicado em 02/06/2011 05:44 Atualizado em 02/06/2011 10:08

Marconi negocia folha do Estado com a Caixa

O governador Marconi Perillo foi recebido ontem em audiência por dirigentes da Caixa Econômica Federal e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES), em Brasília.

O governador Marconi Perillo foi recebido ontem em audiência por dirigentes da Caixa Econômica Federal e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES), em Brasília. Na primeira reunião, na Caixa, o governador, acompanhado da superintendente regional da Caixa em Goiás, Marise Fernandes Araújo, negociou com o vice-presidente de Atendimento e Distribuição, José Henrique Marques da Cruz, a conta da folha de pagamento do Estado.

O martelo deve ser batido hoje, mas tudo indica que a proposta apresentada pela CEF deverá ser a escolhida pelo Governo de Goiás. A operação é mais simples. Por se tratar de transação entre governo e uma instituição federal, não será exigida licitação. A operação gerará recursos para ajudar a resolver as dificuldades inerentes à folha do funcionalismo público estadual.

Na reunião seguinte, no BNDES, o governador liderou comitiva que foi apresentar o projeto  técnico de instalação de uma unidade da empresa aérea holandesa Rekkof, especializada na produção de aeronaves de grande porte. O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, afirmou na reunião que o órgão está aberto a viabilizar linhas de crédito que garantam o empreendimento, mas para isso aguarda informações a respeito do plano de investimento da empresa, que já manifestou interesse em se instalar  em Anápolis.

Participaram da reunião, além dos representantes da empresa no Brasil, o senador Cyro Miranda (PSDB), os deputados federais Pedro Chaves e Leandro Vilela (PMDB), Jovair Arantes (PTB) e os secretários estaduais Thiago Peixoto (Educação) e Simão Cirineu Dias (Fazenda).

Na reunião seguinte, também no BNDES, mas sem a presença dos deputados, Marconi discutiu com o presidente Luciano Coutinho projetos de investimentos, que em breve deverão ser anunciados pelo governador. Marconi estava acompanhado do secretário da Fazenda, Simão Cirineu. Segundo ele, são diversos pedidos, que incluem financiamento de programas habitacionais e de saneamento básico. “Foi uma reunião extremamente produtiva”, comemorava Marconi, ao sair do encontro com Coutinho.

Fonte: Goiás Agora

Gostou!? Então curta o Estado de Goiás!!


Comentários









 


Atualizacoes no meu email

Responder ao comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

1
04/12/2011

folha de págamento

Esta negóciação foi ótima, pq agora não preciso mais ficar meia hora na fila do itau, pra receber meu minguado salário. agora serão 7 horas(ida e volta) de onibus de Alvorada do norte à Formosa e mais 29 minutos  na fila da cx. retroagimos ao ano de 1991 aqui no nordeste goiano... Aff!!

Responder este comentário
fernando cesar
2
04/12/2011

GOSTARIA DE SABER SE A FOLHA DO TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS SERÁ PAGA PELA CEF.

 

FAVOR INFORMAR

Responder este comentário
ELIAS BARROS MENDES
3
04/12/2011

GOSTARIA DE SABER SE A FOLHA DO TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS SERÁ PAGA PELA CEF.

 

FAVOR INFORMAR

Responder este comentário
ELIAS BARROS MENDES
5
29/08/2011

se o governo marcone acha melhor mudar para a caixa economica federal é porque sera melhor porque ele é inteligente ,o itau as taxas de juros sao muito altas viramos refem dos juros do itau,marcone voce e um bom governador mude mesmo acredito em voce.

Responder este comentário
anonimo
Mostre-me mais 5 comentários

Busca

Notícias, imagens, informações e tudo mais...

Siga-nos!

Twitter, email diário, rss e facebook