• estadodegoiasnotic

A psicose de Jair e Michelle Bolsonaro

Atualizado: 26 de Dez de 2020

Em pronunciamento de natal, Bolsonaro diz que Brasil é referência no combate à Covid-19


Dezembro 25, 2020

O presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama Michelle Bolsonaro em discurso de natal


Por Silvana Marta


O Brasil tem um líder que está levando o povo brasileiro ao genocídio, não nos cansemos de frisar.

O discurso de natal de Jair e Michelle Bolsonaro expressa bem esse distúrbio mental dos nossos dirigentes já que, indubitavelmente, já perderam o contato com a realidade.

E é fora da realidade, como bem analisaram vários críticos de toda a imprensa nacional que Bolsonaro disse que o Brasil virou referência para outras nações no cambate à Covid-19.

Michelle, por sua vez, acaba de promover uma exposição dos trajes usados pelo casal na entrada do Palácio do Planalto por ocasião da posse em 2019.


Brasil sem vacina


Em seu discruso de natal, Bolsonaro não falou sobre o Plano Nacional de Imunização, que vem sendo alvo de críticas por uma completa inconsistência de dados e datas para a vacinação dos brasileiros, além de não defender a obrigatoriedade da vacina.

Chile México e Costa Rica foram os primeiros países da América Latina a começarem a vacinação contra a Covid-19, nesta quinta-feira (24), enquanto o Brasil segue como uma das poucas nações do continente que nem sequer tem uma previsão oficial para o início da campanha de imunização.

“Quando alguém toma a vacina está protegendo não apenas a si próprio, como as pessoas que ama, sua comunidade e seu país”, afirmou o presidente chileno Sebastian Piñera, que foi ao aeroporto acompanhar a chegada do primeiro lote.

“Hoje é o princípio do fim da pandemia”, comemorou o chanceler Mexicano, Marcelo Ebrard.

Em live que faz semanalmente nas redes sociais, Bolsonaro disse acreditar que exista uma ‘certa histeria’ em relação às restrições em viagens impostas para conter a pandemia. Em outra ocasião, minimizou a doença chamando-a de ‘gripezinha’.

Em seu discurso exaltou as medidas econômicas como o auxílio emergencial e o crédito concedido às microempresas.


“Várias medidas foram tomadas, como o auxílio-emergencial, o crédito para microempresas, e, com isso, salvamos milhões de empregos. Na saúde não faltaram equipamentos. Essas ações têm ajudado o Brasil a seguir rumo ao progresso e se tornar referência para os outros países”, afirmou o presidente ao lado da primeira-dama Michelle Bolsonaro.


Ao final, mandou uma mensagem aos familiares das vítimas: “Solidarizo-me particularmente com as famílias que perderam seus entes queridos nesse anos que Deus conforte os corações de todos.”


Desde o início da pandemia do novo coronavírus, é a primeira vez que o presidente do Brasil se solidariza publicamente com os familiares das vítimas da Covid-19, sem fazer um ‘lamento condicionado’.


Frases históricas


"Vão morrer alguns [idosos e pessoas mais vulneráveis] pelo vírus? Sim, vão morrer. Se tiver um com deficiência, pegou no contrapé, eu lamento", disse ao apresentador Ratinho, no SBT, no dia 20 de março.


"Infelizmente algumas mortes terão. Paciência, acontece, e vamos tocar o barco. As consequências, depois dessas medidas equivocadas, vão ser muito mais danosas do que o próprio vírus", afirmou em 27 de março ao jornalista José Luiz Datena, na Bandeirantes.


"Vamos enfrentar o vírus com a realidade. É a vida. Todos nós iremos morrer um dia", disse no dia 29 de março, após ter provocado uma aglomeração em uma caminhada com apoiadores no Distrito Federal.


“E daí? Lamento. Quer que eu faça o que? Eu sou Messias, mas não faço milagre”.


João Dória e a hipocrisia de Bolsonaro


O presidente Jair Bolsonaro alfinetou o governador de São Paulo João Dória em um live nesta quinta-feira (24/12): “Povo tem que ficar em casa enquanto eu vou para Miami”- ignorando as inúmeras vezes em que agiu contra o isolamento social, provocando aglomerações não só em frente ao Planalto mas quando não usou a máscara em festas ou visitas particulares, como a que fez ao apresentador Silvio Santos por ocasião do seu aniversário de 90 anos há uma semana (15/12).


Bolsonaro segue apostando que dezenas e milhares de mortes irão impactar menos no povão do que milhões de desempregados. Bolsonaro jamais agiu ou agirá como um líder que articula uma nação para atravessar um momento sombrio, aliando-se ao vírus.


Psicose


A palavra psicose é usada para descrever condições que afetam a mente, onde houve alguma perda de contato com a realidade.


E o Brasil segue o seu líder.


Búzios


O Presidente do TJRJ derruba liminar que decretava lockdown em Búzios.O presidente do Tribunal de Justiça do Rio, Cláudio de Mello Tavares, derrubou na tarde desta sexta-feira (18), a liminar que obrigava o lockdown em Búzios, na Região dos Lagos.

Na quarta-feira (16), o juiz Raphael Baddini de Queiroz Campos, da 2ª Vara da comarca local, proibira a entrada de turistas na cidade, o acesso às praias e a circulação de táxis, carros de aplicativo e ônibus intermunicipais.

O desembargador Cláudio de Mello acatou os pedidos da Procuradoria do município e da Associação dos Empreendedores da cidade alegando “interesse público e a grave lesão à ordem e à economia públicas”.


Festas


Uma rave com cerca de três mil jovens acampados em um sítio foi interrompida pela Polícia Militar na manhã de domingo, (6/12), em Sorocaba, interior de São Paulo. Os frequentadores não usavam máscaras, consumiam bebidas alcoólicas e dançavam ao som de músicas eletrônicas, animados por DJs.


Festas de fim de ano e férias


Estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) aponta para a possibilidade de aumento do número de casos e internações por Covid-19 agravada pela chegada das festas de fim de ano e das férias. “A circulação das pessoas no período de festas de fim de ano e férias deve acelerar a disseminação do vírus, que já circula com bastante velocidade e volta a ocupar os leitos hospitalares”, diz a instituição.


Até esta postagem, o Brasil contabilizava 190.032 mortes. No mundo, 1.753.294 mortes ocorreram em consequência do novo coronavírus.


Confira o pronunciamento oficial:






18 visualizações0 comentário