• estadodegoiasnotic

Alerta laranja: onda de calor

INMET publica aviso em: 01/10/2020 12:09. Risco à saúde e pessoas podem morrer por causa do calor. Temperatura 5ºC acima da média por período de 03 até 05 dias.



Outubro 1, 2020

Temperatura no Centro-Oeste pode atingir 41º



Por Silvana Marta


A semana começou quente e a onda de calor pode perdurar até amanhã, segundo previsão do Instituto Nacional de Meteorologia.

Uma intensa massa de ar quente e seco vem atuando sobre o Brasil Central e pode fazer com que as temperaturas cheguem a até 45°C em localidades do Sudeste e do Centro-Oeste.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta laranja de altas temperaturas válido para Minas Gerais e São Paulo, que devem registrar temperatura com 5º graus acima da média até o próximo domingo, dia 13.

Segundo Mamedes Luiz Melo, meteorlogista do Inmet, a forte massa de ar seco que atinge todo o Brasil ganhou intensidade, aumentando as temperaturas nos dois estados. Os mapas de previsão de temperatura para as próximas 24 horas, indicam que as máximas podem chegar a 38 graus.

O predomínio de um sistema de alta pressão no continente impede o avanço de sistemas, como frentes frias, e a formação de nuvens. “É como se tivesse um ventilador de teto em cima da gente, que dificulta a umidade, funcionando como um tampão”, detalha. “É normal para essa época de transição de inverno para primavera, considerando as variações que ocorrem a cada ano”.


Região Centro-oeste


A região Centro-Oeste continua em alerta de altas temperaturas e de baixa umidade relativa do ar. Os modelos do Inmet sinalizam máximas acima dos 40 graus para o extremo sul do Mato do Grosso e áreas do norte do Mato Grosso do Sul, podendo chegar a 42 graus nesta quinta. Nas demais regiões, os termômetros devem ficar entre 38 e 40ºC. As mesmas condições são esperadas para Goiás e toda região do Matopiba.

Goiás

Para hoje (1), a temperatura máxima aponta para 38º. E ela aumanta. Amanhã (2), teremos 39º. No sábado (3) a previsão é que a temperatura atinja os 40º e domingo (4) chegue a 41ºC. Baixa umidade relativa do ar. Mínima de 14% e máxima de 29%.

Queimadas


O monitoramento do Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE) apurou que as queimadas aumentaram no Brasil 160.461 hectares, o que aponta para um crescimento de 12% em relação ao ano anterior, qual seja 2019.

Apesar das autoridades responsáveis pela divulgação das temperaturas, permanecerem em silêncio, a relação com o desmatamento, queimadas e temperatura do ar é inevitável. Quanto mais se perde vegetação, mais o calor aumenta, dado omitido pelos institutos de pesquisas que divulgam a onda de calor histórica no Brasil.


O governo Bolsonaro é assim mesmo: cheiro de records.


14 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco

@2020 - Apaixonadamente criado por IPÊ-ESTRATÉGIAS