• estadodegoiasnotic

Bolsonaro inaugura exposição em sua própria homenagem

Atualizado: 9 de Dez de 2020

Emocionada, Michelle disse que o dia da posse foi “Um dia memorável, né?”


Roupas usadas pelo presidente Jair e Michelle Bolsonaro no dia da posse são expostas por eles mesmos


Por Silvana Marta


Nesta segunda (7) o capitão reformado famoso por ignorar o uso de máscaras em tempos de pandemia da Covid19, inaugurou ao lado de ministros em cerimônia formal no Palácio do Planalto, uma ‘vitrine de neon’ em homenagem à sua própria imagem, quando pendurou no térreo do edifício, onde ocasionalmente fica o Rolls-Royce preto usado da presidência, as roupas que ele e sua mulher, Michelle, usaram na cerimônia de posse em 1/01/2019.

As roupas ficarão em exibição no térreo do Planalto.

Durante a solenidade que marcou o início da exposição, com direito ao “corte” de uma fita verde e amarela e transmissão ao vivo pela TV Brasil, Bolsonaro fez propaganda para o alfaiate responsável por confeccionar o terno usado por ele. O “merchan” teve, inclusive, divulgado o endereço de atuação profissional na capital federal.

“Um dia memorável, né?”, disse a primeira-dama ao lado dos manequins sem cabeça.

O Brasil acumula 6.648.436 casos confirmados de Covid19, com 177.764 mortes.

Entretanto, o narcisismo do nosso presidente e de sua mulher faz com que eles priorizem bobagens na pauta do Planalto.

Bizarrices

Jair Bolsonaro inaugurou um festival de bizarrices em seu governo que o tornou Top 1 dentre presidentes como o do Equador, o empresário Abdalá Bucaram, que ostentava e se orgulhava do apelido de "El Loco", isto é, "O Louco". "Soy un loquito" (Sou um louquinho), dizia o presidente.

Cristina Kirchner vem em segundo lugar, por proferir em seus dois governos (2007-2015) as mais variadas teorias da conspiração, além dos comentários (e ordens) mais bizarras. Um dos hits da então presidente argentina ocorreu em agosto de 2010, quando fez entusiasmadas apologias da carne suína como afrodisíaca.

Além de elogiar a carne suína na terra sine qua non da carne bovina, empresários e parlamentares, sentados no auditório da Casa Rosada estavam peculiarmente estupefatos com explicações da presidente, que se tornaram as primeiras na história da presidência argentina a terem alusões a elementos gastronômicos que propiciaram melhores coitos.

No entanto, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, com o negacionismo da ciência e sua atitude de ignorar a pandemia que assola o planeta - "é só uma gripezinha", sua terapia de "pular no esgoto" e a exposição dos manequins sem-cabeça em homenagem a ele mesmo, aproximou-se rapidamente do primeiro posto do ranking nos últimos meses.

Confira o vídeo:





14 visualizações0 comentário