• estadodegoiasnotic

Maguito entre a vida e a morte

Atualizado: há 6 dias

Médico do Albert Einstein diz que Maguito Vilela foi salvo “na unha” no último domingo (15/11), dia das eleições


Novembro 21, 2020

Maguito Vilela segue internado em estado gravíssimo em São Paulo



Da redação


Onde há fumaça, há fogo, diz o ditado popular. Circula pelas redes sociais um áudio com boato sobre a morte do candidato a prefeito de Goiânia Maguito Vilela (MDB), que segue internado em um leito de UTI do hospital Albert Einstein, em São Paulo. O áudio foi desmentido pela campanha de Maguito, que inclusive formulou uma queixa-crime para que o mesmo seja investigado pela Polícia Federal.

Entretanto, um médico do Hospital Albert Einstein, que pediu para não ter o nome revelado, declarou à reportagem da TBC de ontem (20) que “No domingo (15) salvamos Maguito na unha”.


Entre a vida e a morte


Maguito está internado desde o dia 27 de outubro. Atualmente está submetido a um tratamento intensivo com uso de máquina de Oxigenação por Membrana Extracorpórea (ECMO) e diálise (para funcionamento dos rins). Estes equipamentos funcionam como um coração e pulmão artificial, ligados a um circuito de tubos, bomba, oxigenador e aquecedor que fica instalado fora do corpo, simulando funções naturais dos órgãos.

Ou seja, o estado de saúde de Maguito Vilela é gravíssimo.


Boletim


Segundo último boletim médico divulgado o pelo Hospital Albert Einstein desta sexta-feira (20), Maguito apresenta uma melhora “lenta e progressiva” contra a Covid19, o que é preocupante.


Eleição


Maguito foi o candidato mais bem votado no 1º turno das eleições municipais de Goiânia com 217.194 votos, o que representa 36,02% dos votos válidos. Já Vanderlan Cardoso teve 148.739 votos, totalizando 24, 67%.

Devido a grande distância entre os dois, não há previsão de mudança de quadro eleitoral e Maguito deve confirmar seu favoritismo no 2º turno das eleições, quando será declarado prefeito de Goiânia.


Vice


O vice de Maguito Vilela é Rogério Oliveira da Cruz, vereador eleito em segundo mandato (2016) com 8.312 votos pelo Republicanos e pertencente ao quadro de pastores da Igreja Universal do Reino de Deus.

Natural do Rio de Janeiro, caso após as eleições se confirme o grave quadro de saúde de Vilela, o pastor carioca deverá assumir a prefeitura de Goiânia.





16 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco

@2020 - Apaixonadamente criado por IPÊ-ESTRATÉGIAS