• estadodegoiasnotic

Ou Iris Rezende está esclerosado ou deu para criar fake news

Em 09 julho, 2020

Atualizado em 28 agosto, 2020

Por Silvana Marta


Mesmo sem vagas de UTI’s Iris Rezende fala em propor mudanças na quarentena intermitente


Não há vagas para pacientes de Covid19 na rede pública municipal de Goiânia. Enquanto isso, o prefeito Iris Rezende, em entrevista ao Jornal Anhanguera dia 07/07, disse que iria procurar o governador Ronaldo Caiado para propor mudanças na quarentena intermitente. “O prejuízo é grande para todo mundo”, disse o prefeito que é advogado de formação, sem se importar que a doença avance de forma avassaladora no país: 119.594 pessoas morreram no Brasil, e em Goiás, 3.003 pessoas perderam sua vida para o coronavírus.

Iris Rezende insiste em dizer que em Goiânia está tudo bem embora as UTI’s disponíveis para o tratamento da Covid19 estejam lotadas e o sistema público municipal de saúde, colapsado.


Das duas, uma: ou o prefeito mente criando fake news ou não está falando coisa com coisa, num desencontro lógico de raciocínio.

O governador Ronaldo Caiado está zelando pela vida dos goianos. Em sua cabeça só há espaço para a máxima ‘salvar vidas’.


Já o prefeito Iris Rezende é que detém o poder sobre os cemitérios públicos na Capital. Temos quatro: o Cemitério Parque (Setor Cruzeiro do Sul); Vale da Paz (Go 020); Cemitério Jardim da Saudade (Setor Maysa, Trindade) e Cemitério Sant'ana (Campinas). Sua administração foi municipalizada em 1959).


Iris Rezende gosta de gesticular quando está defendendo teses que brotam da sua cabeça: fala alto e cheio de razão. Definitivamente não está satisfeito com as medidas de contenção do coronavírus propostas pelo governo do estado.


Estamos em ano de eleições municipais e ele é candidato à prefeito de Goiânia, de novo, diga-se de passagem, e não quer contrariar o empresariado goiano que financia suas campanhas. Tanto que vendeu, desafetou e negociou com o cartel imobiliário goianiense parte do Parque do Cerrado, no Setor Lozandes, ao lado da sede da Prefeitura de Goiânia, com a desculpa de ‘sanar dívidas’ do Instituto de Previdência dos Servidores do Município (IPSM) acumuladas desde 2002, como se o buraco naquele instituto tivesse fim!

O Parque do Cerrado era a maior reserva urbana do bioma cerrado, mas foi ‘vendido’ por Iris Rezende com a autorização da Câmara Municipal. A área negociada pela prefeitura de Goiânia estava originalmente gravada como Área de Preservação Ambiental (APA), e jamais poderia ter sido objeto de nenhuma barganha. Provavelmente houve fraude para possibilitar sua desafetação.


Lourival Louza, ex-proprietário da fazenda onde hoje fica a área que foi negociada para saldar dívidas do IPSM, visionário que era e amante da natureza e da preservação, foi o grande idealizador do Parque do Cerrado e doou a maior área urbana do bioma cerrado do Brasil para nossa gente, acreditando que estaria deixando um legado para a humanidade.

Tudo em vão!


Iris Rezende não mede consequências quando o fator é dinheiro.

No último mês de abril ele foi condenado por Improbidade administrativa em sentença proferida pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Francisco Falcão, pela contratação sem licitação de uma empresa de publicidade em 2007, quando também era prefeito de Goiânia. Segundo informações do STJ Notícias, ele incorreu em prática de fraude contra a Lei de Licitações, e foi sentenciado: "Ao assim agir, o recorrido prejudicou a obtenção da proposta mais vantajosa para a administração pública, nos termos do artigo 3º da Lei 8.666/1993, bem como violou os princípios da legalidade e da moralidade, o que gerou um dano in re ipsa ao erário”.

Valas já estão sendo abertas ao lado do Paço Municipal para atender à especulação imobiliária em Área de Preservação Permanente (APA) com um prejuízo incalculável para a população goianiense, que perdeu seu maior parque de bioma cerrado do Brasil, enquanto os fiscais do povo (MPF e MP) se omitem: salvem o Parque do Cerrado!

O prefeito de Goiânia Iris Rezende tem fama de trabalhador. Mão à obra prefeito! E que comecem a trabalhar as retroescavadeiras! Pelo jeito, o senhor está disposto a abrir outras valas, agora para enterrar as vítimas da sua ambição.




*Silvana Marta de Paula Silva

Advogada e jornalista


Texto intelectual protegido pela Lei dos Direitos Autorais (9.610/98). Este conteúdo pode ser republicado, desde que cite a fonte e autoria


23 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco

@2020 - Apaixonadamente criado por IPÊ-ESTRATÉGIAS